Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    24/09/2020

    CAPITAL| Plano de Acessibilidade executou e corrigiu 88 mil metros de calçada em Palmas

    Saiba onde há mais calçadas e rampas com acessibilidade sendo executadas nesta quinta-feira, 24

    ©DIVULGAÇÃO
    Em dois anos, 88 mil metros de calçadas foram construídos ou reparados em Palmas. Junto com elas, 640 rampas de acessibilidade foram concretadas. Toda essa infraestrutura é essencial para pedestres e portadores de mobilidade reduzida e foi realizada pela Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), entre 2018 e 2020.

    Dando continuidade a esse trabalho previsto no Plano de Acessibilidade de Palmas para ampliação e correção de calçamentos para passeios na Capital, a Seisp está realizando nesta quinta-feira, 24, concretagem de calçamento e rampas de acessibilidade na Arso 32 (305 Sul) - exterior e alguns pontos internos da quadra - e na Arso 112 (1105 Sul) - no entorno de área pública municipal (APM).

    Outra quadra que tem calçamentos em manutenção é a Arne 61 (504 Norte). Lá estão sendo feitas correções em calçamentos internos da quadra, também com acessibilidade. Nestes pontos, a Seisp pede a colaboração da população para que respeitem as sinalizações de calçada em processo de secagem, que dura em torno de 24 horas.

    Para o pedestre

    Só nas avenidas LO-05, JK, NS-15, LO-04, NS-04, LO-12, NS-08 e NS-A foram feitos 8.530 metros de calçamento novo e adaptado.

    A infraestrutura de passeios novos ou reformados também atendeu a quadras comerciais e residenciais, bairros e distritos da região Sul e avenidas centrais, a exemplo da ACNO 1 (103 Norte), ACSO 1 (103 Sul), Arse 21 (204 Sul), AENE 23 (206 Norte), Arno 31 (303 Norte), Arse 31 (304 Sul) (próximo à Feira), Arse 82 (806 Sul), Arse 92 (906 Sul), ACSO 101 (1003 Sul), Arso 111 (1103 Sul), Arse 132 (1306 Sul), lateral externa da Arse 41 (404 Sul), Arno 33 (307 Norte) e Arno 43 (407 Norte).

    Alguns equipamentos públicos que também foram inclusos nesse saldo de 88 mil metros de calçamento com acessibilidade são a praça da Arse 21 (204 Sul), a praça do Bambu na Arse 102 (1006 Sul), a praça da Arse 15 (110 Sul), praças de Taquaruçu e Buritirana, a praça do Recanto das Araras, praça do Santa Fé (em obras) e Praia das Arnos e Praia do Caju.

    Todos esses pontos foram identificados a partir de levantamento para conferência de pontos viáveis para instalação de rampas de acessibilidade, prolongamento de calçadas inacabadas e correções necessárias nos passeios, contemplando, inclusive, entorno de escolas, unidades de saúde, hospitais, órgãos públicos e em avenidas com sinalização semafórica.

    O levantamento faz parte da primeira fase do Plano de Ação de Acessibilidade da Seisp, com apoio da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade (Sesmu).




    Imprimir