Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    22/09/2020

    Iniciativas de inclusão da BRK Ambiental ampliam acesso a serviços e a conteúdos para os clientes com deficiência


    Entre as ações, empresa apresenta série de vídeos com orientações voltadas aos deficientes auditivos e faturas em braile. Apenas em agosto, ferramenta do site para tradução para a língua de libras atingiu 55.677 palavras.

    A BRK Ambiental, maior empresa privada do setor de saneamento básico do Brasil, vem promovendo uma série de ações para ampliar a inclusão e a acessibilidade. A empresa conta com um programa interno para promover ações relacionadas à diversidade, o Diversifik, que neste período de pandemia ajudou a estruturar inciativas de acesso para clientes com deficiência auditiva ou visual.

    Com a Covid-19, o foco do atendimento ao cliente e da prestação de serviços voltou-se para os meios digitais. Com isso, as ações de inclusão realizadas pela BRK Ambiental buscaram garantir que mais clientes tivessem acesso aos serviços, assim como que as pessoas com deficiência tivessem autonomia para navegar nos canais da companhia com facilidade, compreendendo as informações disponibilizadas.

    Nas redes sociais da BRK, as imagens são descritas por meio da funcionalidade de texto alternativo. Esta tecnologia permite que aplicativos de audiodescrição - utilizados por deficientes visuais para navegação na internet - possam ter acesso ao conteúdo de imagens presentes nas postagens.

    Outro ambiente que conta com iniciativas inclusivas é o site da empresa. No Brasil, apenas 2% dos sites são acessíveis para a comunidade surda. Para tornar o ambiente digital da BRK acessível, foi implementado o Hugo, um avatar que traduz de forma automática todo o conteúdo para Libras. Além disso, o site também conta com o recurso de alto contraste para pessoas com baixa visão. Em agosto de 2020, a empresa registrou 55.677 palavras traduzidas pelo Hugo, proporcionando acessibilidade e inclusão para mais de mil pessoas. Desde o início do projeto, em agosto de 2019, foram 660.400 palavras traduzidas. 

    “Trabalhamos para promover a inclusão e a disponibilidade de informações de maneira igualitária, possibilitando que todos os clientes usufruam dos serviços que oferecemos com praticidade e eficiência. Investir em recursos capazes de aproximar ainda mais os diversos públicos faz parte da nossa responsabilidade social e do compromisso que temos com nossos clientes e com a população de um modo geral”, explica Carlos Almiro, responsável pela área de sustentabilidade da BRK Ambiental.

    Minissérie em Libras

    No início da pandemia, a empresa desenvolveu o projeto 'Saneamento que une', uma minissérie com cinco vídeos com orientações sobre prevenção à Covid-19 voltadas a comunidade surda de todo o Brasil. Os vídeos contam com o conteúdo todo em Libras, a Língua Brasileira de Sinais, além de narração e legendas em português, e estão disponíveis no perfil de Youtube da companhia.

    Nesta produção colaborativa, a apresentadora da minissérie, Maria Inês Maia, surda e professora do curso de Letras Libras na Universidade Federal do Tocantins, não só apresentou o conteúdo, como participou de toda a construção do material. A professora Alini Alves, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) - que acompanha a parceria do Instituto com a BRK Ambiental desde o início - também participou da produção. Os temas abordados nos vídeos são: o que é o coronavírus; como se prevenir; o uso correto de máscaras; como lavar as mãos; cuidados ao sair de casa; canais de atendimento digital da BRK Ambiental e recomendações gerais das autoridades sanitárias. A ação foi desenvolvida pela equipe da unidade no Tocantins da BRK Ambiental.

    “Diante do nosso histórico, o olhar para a acessibilidade nesse momento de pandemia foi algo espontâneo e natural. Com o olhar sensível da equipe para a questão, nossas iniciativas de inclusão de pessoas com deficiência ganharam esse novo componente”, afirma Carlos Almiro.

    Além desta ação, a unidade do Tocantins conta com cadastro, impressão e entrega de faturas em braile para pessoas cegas que pode ser solicitado através dos canais da empresa, além de contar com atendimento em Libras em nossas lojas.

    Inclusão no Tocantins

    Em todo o Tocantins, mais de 52 mil pessoas têm alguma deficiência auditiva ou visual que impedem a assimilação de informações que não contam com recurso de acessibilidade, de acordo com levantamento da companhia.

    Diante deste cenário, a equipe do polo de Palmas, na busca pela inclusão, desenvolveu duas ações locais: a criação do serviço de cadastro, impressão e entrega de faturas em braile e a capacitação dos atendentes das lojas nas cidades de Palmas, Araguaína e Porto Nacional para atendimento em Língua Brasileira de Sinais.

    Estas ações foram realizadas com o suporte do IFTO. Além desta parceria, a BRK Ambiental também estreitou o relacionamento com a Associação dos Deficientes Visuais do Tocantins (Adveto) e com a Associação dos Surdos de Palmas (ASP) para entender a necessidade dessas comunidades em relação ao atendimento da empresa.

    ASSECOM


    Imprimir