Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    18/09/2020

    Sebrae e Jucetins firmam parceria para desburocratizar a abertura de empresas

    Favorável à promoção da competividade dos pequenos negócios e o fomento do empreendedorismo. O acordo prevê a realização de ações para o desenvolvimento de um ambiente de negócios 

    ©DIVULGAÇÃO

    Os dirigentes do Sebrae Tocantins e da Jucetins assinaram na tarde desta quinta-feira, 17, um termo de cooperação técnica que busca a desburocratização com foco na diminuição do tempo de abertura de empresa no Tocantins. Participaram do evento o superintendente do Sebrae, Moisés Gomes, a diretora técnica Eliana Castro e a presidente da Jucetins, Thaís Coelho.

    O acordo prevê a realização de ações para o desenvolvimento de um ambiente de negócios favorável à promoção da competividade dos pequenos negócios e o fomento do empreendedorismo, entre elas: consultoria técnica especializada em legislação para as micro e pequenas empresas e Redesimples, realização de oficinas e palestras com temas voltados à simplificação de processos e às inovações legais com o tema da desburocratização, entre outros.

    De acordo com o superintendente do Sebrae, Moisés Gomes, a lei da liberdade econômica foi sancionada e trouxe consigo a implantação de um sistema simplificado. “Muita coisa ainda não foi colocada em prática, o trabalho voltado à desburocratização dos municípios ainda não gerou os resultados desejados, por isso, há muito trabalho para fazer. Acreditamos que, capacitando os gestores municipais e os servidores que estão na ponta, poremos diminuir para até 72h o tempo de abertura de uma empresa”, pontua o diretor.

    Para a diretora técnica, Eliana Castro, a missão do Sebrae é trazer cada vez mais um ambiente favorável que promova o desenvolvimento da economia local. “Quanto mais trouxermos atores, como a Jucetins, que compõem esse processo de simplificara o ambiente para que as empresas tenham um tempo mais curto para sua formalização, mais estaremos fomentando o empreendedorismo e o desenvolvimento econômico”, completa Eliana.

    A presidente da Jucetins, Thaís Coelho, comemorou a parceria. “Acreditamos que a troca de experiência entre as duas instituições favorecerá o desenvolvimento de um ambiente de negócios e o fomento do empreendedorismo no Estado. Estamos à disposição para somar no que for preciso para simplificar todo o processo de abertura de uma empresa”, afirma.

    ASSECOM


    Imprimir