Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    18/09/2020

    Superintendente do Sebrae faz mediação de debate em evento do TCE

    Debate aconteceu nesta quinta-feira, 17, durante a programação da Agenda Cidadã 2020 

    ©REPRODUÇÃO

    Nesta quinta-feira, 17, o superintendente do Sebrae Tocantins, Moisés Gomes, moderou a exposição “Replanejar em Tempos de Crise”, durante a programação do Agenda Cidadã 2020. O evento é organizado pelo Tribunal de Contas do Estado do Tocantins – TCE/TO e ocorreu durante todo o dia com várias exposições.

    A exposição contou com a presença do chefe de gabinete da 6ª Relatoria do TCE/TO, Carlos José Assis Junior e da diretora regional do Senai Tocantins, Márcia Rodrigues. Juntamente com o superintende, os três debateram como o replanejamento com estratégia é essencial para superar a crise decorrente do novo Coronavírus nas instituições públicas.

    A diretora Márcia Rodrigues pontuou que o próprio replanejamento faz parte do planejamento como um todo. “Para tanto, é importante ter conhecimento pleno da regulação para conseguir entregar ações concretas. Eu só faço bem aquilo que eu conheço, só assim posso realizar efetivamente as ações de acordo com a missão da instituição a qual atuo”, comentou a diretora do Senai.

    Já o chefe de gabinete Carlos José ressaltou que os gestores públicos precisam entender que o planejamento estratégico adotado em empresas privadas é igual ao planejamento governamental. “É importante que eles conheçam a fundo processo de planejamento estratégico e seus pressupostos técnicos, que são iguais na iniciativa privada e no poder público. Existe uma resistência em planejar, mas isso é o que fará toda a diferença”, pontuou Carlos José.

    O superintendente Moisés Gomes, ao mediar o debate, destacou que os pontos apresentados no debate são fundamentais para que os gestores municipais reconheçam a importância do planejamento estratégico. “Ter essa visão estratégica é imprescindível ainda mais neste contexto de pandemia. Acredito que os participantes que acompanham este evento tenham compreendido os apontamentos destacados nesta exposição”, afirmou Moisés.

    Sobre o Agenda Cidadã

    O Agenda Cidadã tem como objetivo orientar os gestores, servidores públicos e a sociedade em geral na utilização de instrumentos jurídico-financeiros implementados para viabilizar medidas necessárias que levem à melhor solução possível para o impacto da pandemia. 

    A programação contém exposições com temas sobre o cenário atual e a crise socioeconômica frente à Covid-19. Dentre os objetivos específicos destacam-se a transparência na administração pública em relação às novas medidas da licitação e aos efeitos da Lei nº 13.979 de 2020; o reflexo do Coronavírus no processo eleitoral; a implantação do controle a priori e concomitante como atual mecanismo e paradigma de acompanhamento e fiscalização dos atos de gestão observando, contudo, as inovações tecnológicas utilizadas no controle e fiscalização das contas públicas; organizar atividades de integração para minimizar as dificuldades encontradas pelos jurisdicionados e pela sociedade em praticar a governança diante da crise da pandemia.

    ASSECOM


    Imprimir