Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    01/09/2020

    Tocantins tem mais de 480 escolas inscritas no Prêmio Gestão Escolar 2020

    Para participar do Prêmio, as equipes escolares realizaram diversas ações de fortalecimento da educação em tempos de pandemia 

    Diversas ações estão sendo desenvolvidas para contribuir com a aprendizagem durante a pandemia ©DIVULGAÇÃO
    As inscrições para o Prêmio Gestão Escolar 2020 finalizaram na última segunda-feira, 31, e a participação das escolas tocantinenses teve o maior engajamento de toda a história do Prêmio, sendo o estado com mais inscrições proporcionais à quantidade de escolas. Das 532 escolas municipais e estaduais que iniciaram inscrição, 481 finalizaram o relatório de experiências necessário para concluir o cadastro e concorrem ao título de Escola Referência. A iniciativa vai reconhecer práticas de sucesso das escolas que, no momento de afastamento social, encontraram soluções para o enfrentamento das dificuldades impostas pela pandemia. 

    Foram muitas ideias criativas desenvolvidas de norte a sul do Tocantins, para garantir a continuidade da aprendizagem e a saúde dos estudantes. 

    No Colégio Estadual São José, de Palmas, por exemplo, foi criada uma equipe de sistematização para discutir as experiências exitosas que foram readaptadas do Projeto Político Pedagógico, conforme explicou o diretor José Antônio Aguiar Gama.

    "Desenvolvemos o projeto 'Conectados' da professora de língua portuguesa, Deise Raquel Cardoso, para os estudantes da Educação de Jovens de Adultos, com a produção de diversos gêneros textuais; o projeto 'Meninas protagonistas: separadas somos pétalas, juntas somos rosas', da professora de língua portuguesa e coordenadora da biblioteca, Zoélia Tavares de Castro, com interdisciplinaridade em sociologia, filosofia, história e psicologia; o 'Projeto Ciências no Campo', coordenado pelo professor de biologia, Antônio Cella, que trabalha a interdisciplinaridade com química e física. Além disso, fizemos o uso das plataformas digitais e ações efetivas para evitar a evasão e exclusão de estudantes, com ligações telefônicas, visitas em domicílio para entrega de atividades impressas para estudantes grávidas e para os estudantes sem acesso às redes sociais ou que moram em área rural, seguindo o protocolo de distanciamento". 

    Na Escola Estadual Vila Guaracy, de Gurupi, não foi diferente. Nilma Assunção, gestora da unidade, contou que esse período foi um desafio que impulsionou a criatividade dos educadores. 

    "Realizamos ações desde abril. Começamos com uma sondagem de como os estudantes estavam vendo e esperavam ser atendidos pela escola e, a partir daí, fomos desenvolvendo atividades por meio das redes sociais, com feedback, para manter os estudantes ativos. Em artes, os estudantes confeccionaram máscaras de tecido e de garrafa pet; em língua portuguesa eles utilizaram o Tik Tok como ferramenta educacional; em história e geografia os estudantes criaram um podcast e muitas outras ações pautadas na visão da Base Nacional Comum Curricular e nas competências socioemocionais". 

    A coordenadora estadual do Prêmio, Leda Maria Tomazi, destacou que o engajamento das equipes escolares tem sido crucial no momento vivido.

    "O gestor escolar responsável pela organização administrativa e pedagógica tem papel fundamental nas ações de enfrentamento do enorme desafio imposto. Entretanto, ele não age sozinho, ele precisa liderar a equipe escolar para alcançar resultados positivos. O engajamento das equipes escolares na realização de práticas e ações inovadoras, de forma colaborativa, na participação do PGE/2020, contribuiu para manter o vínculo entre escola e estudantes, e proporcionou a continuidade do processo de aprendizagem, nesse período de afastamento social. Somos muito gratos a todos os gestores das redes estadual e municipal que, juntamente com suas equipes, aceitaram a tarefa de construírem conosco esta Edição Especial 2020", ponderou. 

    Cronograma de seleção

    Agora, faltam três etapas de seleção. Na primeira, a etapa estadual, serão selecionadas três escolas por estado, somando 81. Uma dessas escolas será a escola de referência estadual. A previsão é que este resultado seja divulgado até final de outubro. 

    A segunda etapa é a que escolhe a escola de referência regional, sendo uma do Norte, uma do Nordeste, uma do Centro-oeste, uma do Sudeste e outra do Sul. Conforme o cronograma, o resultado desta etapa será divulgado no dia 6 de novembro. 

    E a última etapa irá selecionar a escola de referência nacional. O anúncio da escola vencedora será feito na cerimônia de premiação, marcada para 10 de dezembro. 

    PGE

    O PGE 2020 é promovido pelo Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed) em conjunto com a Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) e a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

    A titular da Seduc e coordenadora nacional Prêmio, Adriana Aguiar, destacou o número expressivo de inscritos em todo o país. "Com a ampla mobilização dos Estados, alcançamos cerca de 8 mil inscrições, isso demonstra a relevância do Prêmio, especialmente neste ano, que a iniciativa busca reconhecer soluções encontradas pelas escolas para o enfrentamento às dificuldades encontradas durante a pandemia".

    Uma das novidades deste ano é que serão premiados, além do diretor escolar, o coordenador pedagógico e quatro professores das escolas selecionadas.

    Educadoras da Escola Estadual Vila Guaracy durante o planejamento de atividades ©DIVULGAÇÃO

    Por: Guilherme Gandara


    Imprimir