Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    06/10/2020

    ARTIGO| Dias melhores virão pós-pandemia!

    Autor: Wilson Aquino*

    Da história recente da humanidade, poucos sabem hoje que em resposta a um vírus que se disseminava pelo mundo em 1919, algumas autoridades governamentais proibiram na época, reuniões públicas e implementaram quarentenas. As escolas, assim como em 2020, fecharam e as igrejas cancelaram suas reuniões, e os que se aventuravam a sair de casa também foram obrigados a usar máscaras faciais para proteção.


    Tratava-se da terrível pandemia de Gripe Espanhola que começou no ano anterior, vindo a ceifar dezenas de milhares de vidas, exatamente como ocorre hoje, 100 anos depois daquela tragédia.


    Da mesma maneira como o vírus da gripe foi controlado, o vírus Covid-19 também o será, mais cedo ou mais tarde, de uma forma ou de outra. E isso ocorrerá porque temos profissionais competentes na área da saúde no Brasil e no mundo e, acima de tudo, porque temos fé em Deus de que haverá sim o fim dessa pandemia.


    Tudo há de voltar à normalidade depois de tantos estragos que provocou e ainda provoca nos países. Ter fé no Senhor e acreditar que Ele está no controle de todas as coisas nos dá uma grande e inabalável esperança de que dias melhores de fato virão, muito em breve. Isso deve fazer com que não percamos a fé e a esperança Nele e no Seu Plano de Salvação para todos nós.


    Ainda recordo de uma viagem ao interior de São Paulo, quando fui acordado na madrugada pelas rajadas de ventos e trovões durante uma forte tempestade. Pelo vidro da janela os pingos d’agua e o forte vento pareciam querer romper aquela barreira. As árvores, especialmente os coqueiros lá fora, literalmente se dobravam como em reverência à natureza em fúria. Depois de mais de hora de tempestade voltei a dormir, lamentando possíveis arrasos que certamente teriam sido verificados lá fora.


    No dia seguinte, para minha surpresa, fora alguns galhos arrancados e muita folha por todo chão, os jardins, com suas belas e frágeis flores de todos os tipos, cores e tamanhos, estavam simplesmente intactas. Nem mesmo os ninhos de alguns pássaros engenhosamente construídos em forquilhas e galhos finos, foram danificados.


    Os pássaros pareciam muito mais alegres, cantarolavam, saltando de galho em galho, como que comemorando aquele grandioso e belo dia. Aliás, de fato o era. O sol estava mais radiante e limpo, o céu de um azul indescritível e tudo fluía de maneira bela e harmônica. O dia estava em perfeita sinfonia, pronto para alicerçar a vida de todos aqueles que saíram para lutar pelo pão de cada dia.


    Hebert J. Grant (1856-1945), presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, na época da Gripe Espanhola, deu conselhos que se aplicam aos nossos dias: “Viemos a este mundo para adquirirmos conhecimento, sabedoria e experiência para aprendermos as lições, sofrer as dores, enfrentar as tentações, para alcançarmos as vitórias da mortalidade”.


    Ou seja, todos os que aqui estamos - e também os que estiveram e os que estarão - passam por variadas tribulações de todos os tipos e tamanhos para nosso próprio aperfeiçoamento.


    Assim é o Plano de Deus. Todos, independentemente de suas condições econômicas, sociais, geográficas... enfrentam ventos e tempestades na vida como forma de nos fortalecermos Nele, Senhor de todas as coisas. Não tem como escaparmos das lições que Ele prepara para todos nós. Isto, fora aqueles fardos que produzimos e carregamos, frutos dos nossos próprios atos e ações.


    O Covid-19 é mais um obstáculo colocado em nosso encalço para que saibamos agir com base nos bons princípios morais e espirituais que devem alicerçar a vida de todos nós. É preciso aprender com essa pandemia.


    Felizes aqueles que se conscientizam disso, de que o verdadeiro sentido da vida é viver moral e espiritualmente alicerçado nos mandamentos e ensinamentos Bíblicos que não só nos conduzem à salvação, como também ao nosso aperfeiçoamento e crescimento profissional, pessoal e como filhos especiais de Deus.


    *Jornalista e Professor


    Imprimir