Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    13/10/2020

    Governo do Tocantins amplia unidade de ensino para atender demanda da comunidade em Colinas

    Atualmente, a unidade de ensino conta com cerca de 600 estudantes matriculados e irá expandir esse número

    A unidade de ensino passará a contar com mais quatro salas de aula, expandindo assim a capacidade de atendimento da escola ©Marcio Vieira
    O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), está realizando ampla reforma e ampliação da estrutura da Escola Estadual Lacerdino Oliveira Campos, em Colinas do Tocantins. Com investimento no valor de R$ 2.439.000,00, entre as mudanças, a unidade de ensino passará a contar com mais quatro salas de aula e refeitório.

    “Estamos trabalhando com a ampliação do acesso à educação e com a oferta de uma educação com cada vez mais qualidade. Sabemos do trabalho brilhante realizado em nossas unidades de ensino e, por determinação do governador Mauro Carlesse, estamos deixando o ambiente das escolas cada vez mais propício para o processo de ensino e aprendizagem. Com planejamento, estamos expandindo esse trabalho para todo o Estado”, pontuou a titular da Seduc, Adriana Aguiar.
    A secretária Adriana Aguiar acompanha o andamento das obras da Escola Estadual Lacerdino Oliveira Campos, em Colinas do Tocantins ©Marcio Vieira
    De acordo com a diretora da unidade de ensino, Deiby Jubiely de Miranda, a ampliação vai atender a uma demanda da comunidade. “Nós tivemos uma ampliação no número de moradores aqui no bairro com a construção de casas populares e, com essa ampliação, vamos poder receber novos estudantes”, explicou.

    Estão passando por reforma as 10 salas de aula já existentes na unidade de ensino, a sala de informática, sala de professores e administrativo. Além disso, serão feitas melhorias nos sistemas elétrico, hidráulico, em parte do piso, além de aplicação de pastilhas de revestimento nas paredes. Até agora, mais de 26% das obras já foram executadas.

    Além das salas de aula e do refeitório, que contará com uma cozinha industrial, serão construídos um bloco administrativo, banheiros, guarita, central de gás (GLP), passarelas cobertas, paisagismo interno, calçadas e passarelas. As obras são realizadas por meio do Programa Estrada do Conhecimento (PEC), com recursos do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS) – Banco Mundial.

    Mais de 50% da obra do refeitório já foram executadas e as salas de aula existentes estão passando por reforma, os banheiros e as salas novas estão recebendo o acabamento na parte interna e externa. “Todas as melhorias significam muito para a comunidade e para nós que trabalhamos na escola. Os pais sempre me procuram para saber o andamento da obra. Estamos muito felizes”, contou a diretora da escola.

    A unidade de ensino, atualmente, conta com 600 estudantes matriculados do 6º ano do ensino fundamental ao ensino médio – incluindo turma da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A partir da reforma, o atendimento da unidade de ensino será ampliado com a criação de novas turmas, que possam atender às demandas da comunidade.

    Por: Cláudio Paixão

    ***