Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    06/10/2020

    Palmas registra 47 novos casos de Covid-19; taxa de ocupação hospitalar é 34,7%

    Dos novos casos registrados no boletim terça-feira, 06, os 47 pacientes estão em isolamento domiciliar.

    O Boletim Epidemiológico nº 201 desta terça-feira, 06 de outubro, aponta que 218 pessoas tiveram alta da Covid-19 em Palmas. Também nesta edição, 47 casos novos da doença foram registrados na Capital, destes, 21 mulheres e 26 homens.

    Até o momento, 8.827 pessoas já se recuperaram da doença. Os leitos de estabilização das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), continuam com a taxa de ocupação zerada.

    A Vigilância Epidemiológica de Palmas informa que após 204 dias de resposta, até às 12 horas do dia 06 de outubro de 2020, totalizam 67.445 notificações para síndrome gripal (SG), onde estão incluídos também os casos suspeitos para Covid-19. Destes, 21.683 foram descartados e 16.412 casos confirmados (números acumulados) para a doença. A Capital conta com 160 óbitos causados por complicações do vírus.

    De acordo com a vigilância, após investigação epidemiológica foi constatado que uma idosa que faleceu não residia em Palmas, mas em Oliveira de Fátima - TO. Ela foi retirada do banco de dados de casos confirmados e óbitos da capital. A letalidade é de 0,97%.

    Internações

    Em Palmas, 96 pessoas estão internadas por causas ligadas à Covid-19. Deste total, 48 (50,0%) são residentes de Palmas e 48 (50,0%) são moradores de outras cidades/estados.

    Dos novos casos desta terça-feira, os 47 pacientes estão em isolamento domiciliar.

    A taxa de ocupação hospitalar de Palmas é de 34,7% no informativo. Os leitos clínicos públicos e privados estão com taxa de ocupação de 23,9%. Já os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) têm a taxa de ocupação de 49,2%.

    Testes

    O Boletim Epidemiológico aponta um total de 297 exames. Destes, o Laboratório Municipal de Palmas testou 248 pacientes, 30 tiveram o diagnóstico positivo para a Covid-19, 100 testaram negativo e 118 foram exames de rastreio e convênio. O Laboratório Central do Estado (Lacen-TO) fez 36 testes, quatro confirmados para coronavírus e 32 descartados. A rede privada testou 13 pacientes, todos confirmados para a doença.



    SECOM

    Imprimir