Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    07/10/2020

    Saiba como solicitar o serviço de recolhimento de galhadas em Palmas

    Serviço é gratuito e a poda deve ser feita em ocasião próxima à data em que caminhão de recolhimento atende sua vizinhança

    ©DIVULGAÇÃO
    O morador de Palmas que necessite do serviço de recolhimento de galhadas pode fazê-lo na Prefeitura de Palmas. O serviço é gratuito e qualquer um pode solicitar. Para isto, é necessário que entrar em contato com a Superintendência de Serviços Públicos pelo telefone (63) 3212-7426, das 7 às 19 horas, informando endereço e ponto de referência de sua residência e consultar a data mais próxima de visita do caminhão de recolhimento à sua quadra ou bairro. Somente depois de se inteirar sobre a data provável, é que o morador deve realizar o corte das galhadas em ocasião mais próxima à data informada.

    A orientação é que a poda seja feita um ou dois dias antes da programação do caminhão na sua região para evitar que materiais orgânicos fiquem expostos nas calçadas por tempo indeterminado, o que poderia ocasionar condições favoráveis à decomposição e atração de vetores de doenças.

    De janeiro a setembro de 2020, 8.132 toneladas de restos de poda foram recolhidos das ruas da Capital. Todo esse montante é formado por galhadas e resíduos de jardinagem recolhidos por serviço contínuo gerido pela Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp). No mesmo período de 2019, foram recolhidas 8.800 toneladas, enquanto o saldo de recolhimento de todo o ano de 2019 foi de 11.686 toneladas.

    Visita programada

    Em geral o serviço segue uma programação que prevê atendimento de bairros e quadras da região Norte de Palmas entre o dia 1º e 10 de cada mês. Entre os dias 11 e 20 são atendidas quadras da região Central de Palmas e entre os dias 21 e 30 ou 31 nos bairros da região Sul.

    Rede elétrica

    A Seisp esclarece que o serviço se refere apenas ao recolhimento de restos de poda e que o corte de galhadas de imóveis privados é de responsabilidade do proprietário. Um alerta importante diz respeito a galhos em contato com rede elétrica que só devem ser retirados por equipe capacitada da concessionária local de energia elétrica a fim de se evitar acidentes graves.

    Por: Juliana Matos

    Imprimir