Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    27/11/2020

    Governo do Tocantins homologa resultado do processo seletivo do Pronatec

    Os primeiros colocados terão convocação imediata e começarão a atuar a partir do dia 3 de dezembro

    As aulas do Pronatec serão realizadas na modalidade EaD, por meio da Plataforma Moodle ©Márcio Vieira
    A homologação do resultado final do processo seletivo simplificado para cadastro reserva de profissionais para atuarem nos cargos de professor de educação a distância e tutor a distância, como bolsistas, nos cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) do programa Novos Caminhos, antigo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), foi divulgada nessa quinta-feira, 26, no Diário Oficial do Estado (DOE), pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc).

    Foram selecionados profissionais para os seguintes cursos: Agente de Recepção e Reservas em Meios de Hospedagem, Assistente de Contabilidade, Assistente de Recursos Humanos, Auxiliar Pedagógico, Contador de História, Cuidador de Idoso, Operador de Caixa, Operador de Supermercado, Recepcionista em Serviços de Saúde e Vendedor.

    De acordo com o coordenador-geral da Unidade Técnica do Programa no Tocantins, Sílvio Inácio Moreira, os primeiros colocados no processo seletivo já foram convocados. “Eles já estão assinando o termo de compromisso para dar início ao processo de formação nos referidos cursos. As aula já iniciam na próxima quarta-feira, dia 3”, explicou.

    Foram selecionados para o cargo de professor regente de curso profissionais com nível técnico ou nível superior, compatível com a área de conhecimento do curso/disciplina pretendido, ou aptidão (habilidade), com experiência atestada por declaração emitida pela empresa contratante e/ou na Carteira Profissional de Trabalho; com disponibilidade para atuar na função; e disponibilidade para participar de reuniões e formações fora do município em que reside, quando solicitado.

    As aulas serão realizadas na modalidade de Educação a Distância (EaD), e os profissionais selecionados irão contar com uma remuneração, na forma de bolsa-auxílio, paga por hora/aula que varia entre R$ 45 e R$ 70, conforme carga horária das disciplinas elencadas no edital inicial. O valor da remuneração poderá ser efetuado até o último dia do mês subsequente ao serviço prestado, mediante o envio de frequências e relatórios.

    Por: Cláudio Paixão

    ***