Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    17/11/2020

    Profissionais de Saúde iniciam capacitação de Manejo Clínico da Hanseníase nesta quarta, 18

    Curso vai até dia 20 deste mês, no auditório Instituto Vinte de Maio

    ©Igor Flávio
    Para melhorar a qualificação dos profissionais de rede de saúde de Palmas, a Fundação Escola de Saúde Pública (Fesp) realiza entre os dias 18 a 20 deste mês, no auditório Instituto Vinte de Maio (IVM), a capacitação de Manejo Clínico da Hanseníase. Dentro da programação do curso, os trabalhadores que atuam na Atenção Primária de Saúde na Capital vão receber orientações atualizadas sobre diagnóstico e tratamento de hanseníase.

    O curso é uma solicitação da Secretaria Municipal da Saúde (Semus) para capacitar também os novos profissionais que iniciaram suas atividades nas Unidades de Saúde da Família (USFs) da cidade. De acordo com a fisioterapeuta e integrante da Coordenação Técnica de Hanseníase, Flávia Medina, nos últimos meses houve queda no número de diagnóstico de casos de hanseníase em Palmas, e para manter o monitoramento da doença no município é fundamental que as equipes de saúde estejam bem treinadas para realizar o diagnóstico, fazer o acompanhamento de forma adequada aos pacientes em tratamento e na pós-alta. “Prezamos pela qualidade da assistência ofertada à população e a capacitação vai contribuir significativamente nas ações de controle em hanseníase”, explica a fisioterapeuta.

    Dentre os conteúdos que serão trabalhados no curso estão, o diagnóstico de hanseníase, tratamento e manejo de reações hansênicas; a avaliação neurológica simplificada em hanseníase, bem como grau de incapacidade e soma OMP (Avaliação dos Olhos, Mãos e Pés); autocuidado em hanseníase, exercícios físicos para prevenção e reabilitação, noções sobre cirurgias reabilitadoras; casos clínicos; situação epidemiológica do agravo em Palmas e orientação quanto ao preenchimento de mapas e boletins de acompanhamento do agravo.

    Os profissionais serão divididos em pequenos grupos de dez pessoas para participarem das aulas expositivas que irão ocorrer no período da manhã. Na programação está prevista ainda, demonstração prática da técnica de avaliação do paciente, atividades práticas de avaliação e orientações de autocuidado entre participantes, discussão de casos. Os colaboradores da capacitação serão os fisioterapeutas, Flávia Santos Medina e Pedro Paulo dos Santos Oliveira, e a médica especialista em Hanseníase, Seyna Ueno Rabelo Mendes.

    Por: Fesp

    ***