Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    19/12/2020

    Governo do Tocantins supera obstáculos e mantém investimentos em alta na educação

    Dentro de um cenário com atividades presenciais suspensas, a Seduc atuou para atender todos os estudantes matriculados na rede estadual

    Titular da Seduc, Adriana Aguiar, durante a divulgação dos vencedores do Prêmio Gestão 2020 ©Philipe Bastos
    Em um ano especialmente repleto de desafios, o Governo do Tocantins tem trabalhado para que os investimentos na educação não cessassem mesmo com todas as medidas adotadas para a prevenção e a contenção do novo Coronavírus. Dentro de um cenário com atividades presenciais suspensas nas escolas da rede estadual, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) atuou de forma a atender a todos os mais de 158 mil estudantes matriculados em 493 unidades de ensino por todo o Tocantins.

    No Tocantins, as aulas em todas as escolas no território estadual foram suspensas no mês de março. O trabalho de planejamento de ações para a retomada e a mitigação de impactos, no entanto, não parou. Desde o primeiro momento, o Governo do Estado tem adotado medidas nos campos pedagógico e estrutural visando atender às necessidades dessas milhares de famílias.
    Titular da Seduc, Adriana Aguiar, acompanhando a entrega dos kits de alimentos ©Marcio Vieira
    “Este foi um ano de grandes desafios e aprendizados. Procuramos sempre promover ações e programas voltados para que os nossos estudantes não deixem de estudar durante a pandemia. Investimos em projetos pedagógicos, sem deixar de olhar para a estruturação de nossas escolas. Acredito que conseguiremos sair dessa ainda mais fortalecidos e com mais vontade de trabalhar pela educação do Tocantins”, destaca a titular da Seduc, professora Adriana Aguiar.

    Uma das primeiras ações adotadas de forma emergencial foi a manutenção da alimentação escolar. Parte dos estudantes da rede estadual têm, na merenda fornecida pelas escolas, sua principal fonte de nutrientes durante o dia. Desta forma, os alimentos não poderiam deixar de chegar à mesa desses alunos.

    Ao todo, até o mês de dezembro, foram distribuídas 4,4 mil toneladas em mais de 315 mil kits de alimentos, em um investimento total de R$ 42,6 milhões nesta ação que atendeu 100% dos estudantes matriculados na rede estadual de ensino.

    O transporte escolar também recebeu fortes investimentos por parte do Governo do Tocantins em 2020. Ao todo, foram mais de R$ 42 milhões aplicados na área. Além disso, por meio de recursos oriundos da bancada tocantinense no Congresso Federal, foram comprados 433 novos ônibus escolares. Destes, 319 já foram repassados e outros 114 devem ser entregues até fevereiro de 2021, em um investimento de mais de R$ 86,3 milhões.

    Uma das principais expectativas durante o ano foi pelo retorno das aulas presenciais nas escolas da rede estadual. Enquanto este dia não chega, a Seduc tem intensificado o preparativo das unidades de ensino para receber os estudantes, enquanto a pandemia ainda não está sanada.

    Assim, procurou investir na sanitização das escolas e na aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para que alunos, professores e corpo técnico das unidades de ensino possam retornar em segurança, de acordo com os protocolos estabelecidos pelas autoridades sanitárias. Na primeira ação, foram aplicados cerca de R$ 3,8 milhões e, na segunda, foram mais de R$ 3,1 milhões.

    Atendimento não presencial

    No entanto, mesmo que remotamente, as aulas na rede estadual seguem a todo o vapor com atividades não presenciais planejadas para este período. Desde o final de junho, quando os estudantes da 3ª série do ensino médio iniciaram essas atividades não presenciais, a rede estadual tem trabalhado na manutenção dos processos de ensino e aprendizagem.

    Desta forma, materiais didáticos, roteiros de estudos e atividades pedagógicas foram elaborados e distribuídos para toda a rede estadual. Para os estudantes residentes em áreas urbanas, os materiais disponibilizados nas escolas em que estão matriculados. Já os alunos residentes na zona rural receberam esse material por meio do transporte escolar.

    Além disso, os estudantes que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) continuaram a ser atendidos pelas aulas de revisão do programa TO de casa No Enem. As aulas ao vivo e gravadas foram transmitidas pelo canal TV Seduc Tocantins, no YouTube, e pela TV Assembleia.
    A Escola Indígena 19 de Abril, de Goiatins, ficou em segundo lugar no Prêmio Gestão ©Seduc
    Os estudantes do ensino fundamental também foram beneficiados com ações pedagógicas. Por meio de parceria com a editora Moderna, a Seduc aderiu ao programa Aprova Brasil, que tem como objetivo ofertar ensino não presencial aos estudantes do 1º ao 9º ano do ensino fundamental.

    Além de aulas on-line, esses estudantes receberam cerca de 82 mil kits pedagógicos, e os professores desta etapa de ensino, formação continuada em Língua Portuguesa e Matemática.

    Para enfrentar este desafio de manter o ensino fora da sala de aula, os profissionais da educação precisaram passar por formações continuadas. Entre cursos voltados para professores, coordenadores pedagógicos e gestores, o Governo do Tocantins investiu mais de R$ 465 mil, beneficiando 19 mil profissionais da educação.

    Premiações e seminários

    Valorizar o trabalho dos educadores é um dos pilares da atual gestão frente à Seduc. Reconhecer sua atuação, por meio de seminários, capacitações e premiações, foi o caminho encontrado pela Pasta para que esses milhares de profissionais se sentissem ainda mais motivados a trabalhar pela educação.

    Dois grandes seminários realizados pela Seduc de maneira digital (Das políticas públicas à sala de aula: Currículo e avaliação em tempos de pandemia; e Profissão professor: papel essencial para mudar o mundo) reuniram mais de 18 mil inscritos e registraram cerca de 80 mil visualizações no YouTube.

    Quanto às premiações, o primeiro passo do Governo do Estado foi regularizar as premiações dos anos de 2011/2012. Ao todo, cerca de R$ 600 mil foram repassados a professores, gestores e unidades de ensino.

    E 2020 foi o ano das premiações na educação. Em edição especial do Prêmio Gestão Escolar, mais de 500 escolas inscreveram iniciativas inovadoras adotadas durante a pandemia. Além disso, o selo “Quem Educa, Faz!”, lançado em 2019, reconheceu as boas práticas nas salas de aula do Tocantins. Ao todo, foram 683 servidores da educação premiados. Entre os prêmios do Selo, estavam 21 salas interativas (uma lousa digital, um projetor de curta distância, um computador, software de criação e apresentação de conteúdos, pacote de 300 títulos (aulas) para o ensino fundamental); troféus e certificados.

    Ao todo, unindo todas as ações pedagógicas promovidas pela Seduc, entre produção de materiais para as atividades não presenciais, de vídeoaulas de revisão do Enem, realização de seminários e premiações, foram investidos mais de R$ 11,4 milhões.

    Obras

    As obras estão detalhadas em um texto específico. No entanto, para não deixar de citar, estão sendo investidos mais de R$ 159,3 milhões em mais de 30 obras que já estão em andamento, que estão em fase de licitação, ou que foram concluídas ainda em 2020.
    Estudante retira roteiro de atividades em unidade de ensino de Palmas ©Katriel Bernardes


    Iracema Arbodi Xerente recebe os kits de alimentos dos três filhos matriculados no Centro de Ensino Médio Indígena Xerente (Cemix) Warã ©Marcio Vieira


    Por: Philipe Bastos

    ***