Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    24/12/2020

    Mesmo em meio à pandemia, Palmas consegue manter transformação da cidade com grandes obras de infraestrutura

    Resultado já se vê no Jardim Taquari e em quadras onde moram os remanescentes da comunidade Canela, além da infraestrutura feita em importantes avenidas da Capital

    LO-04 entre NS-03 e NS-15 ganhou pavimentação em 2020 e segue recebendo serviços complementares da obra ©Seisp
    As restrições trazidas pela pandemia de Covid-19 alteraram o ritmo de diversas atividades econômicas. Não foi diferente para o segmento da construção civil que, na Capital, também foi um atingido pela interrupção temporária de atividades não essenciais. No entanto, a retomada gradual de atividades econômicas permitiu ao segmento em Palmas manter variação positiva (+1,21%) no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), considerando dados de outubro, divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), e ainda a oportunidade de avanços importantes para o Município.

    Em 2020 grandes obras do Programa de Requalificação Urbana de Palmas, com financiamento do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), saíram do papel. O resultado, segundo a Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), já se vê no Jardim Taquari – com a pavimentação da T-20, T-30, T-31 e T-32 -, e em quadras onde remanescentes da comunidade Canela residem, na Arne 64 (508 Norte), Arne 54 (408 Norte).

    Grandes avenidas, como a NS-10, LO-04 e LO-14 passam por duplicação e implantação de rede de drenagem pluvial. "Trabalhávamos com muita poeira na porta. Para nós melhorou bastante, a obra veio em boa hora", relata Maria Eduarda Pereira, comerciante na Arne 64. Outras importantes avenidas e quadras industriais e residenciais serão beneficiadas em 2021 com a continuidade das obras da primeira etapa, cujo investimento é de R$ 114 milhões.

    O que vem por aí

    Já para 2021 a perspectiva é de continuidade de investimentos neste segmento, tendo em vista a previsão de abertura, já no dia 04 de janeiro, da licitação da segunda etapa de obras financiadas pelo CAF. Serão mais de R$ 30 milhões de investimentos, desta vez direcionados para a região Sul de Palmas, atendendo aos setores Santa Fé e Morada do Sol I, II e III.

    Também será por meio do Programa de Requalificação Urbana de Palmas, com financiamento internacional, que será feita a ampliação da troca de luminárias utilizadas na rede pública, aposentando parte do acervo das de vapor por luminárias de diodo emissor de luz (LED). Elas são mais eficientes e consomem menos energia. O investimento total previsto é de R$ 2.589.600,00.

    Segundo a Seisp, o trabalho de troca das luminárias já beneficiou o Jardim Aureny I (591 novas luminárias), Jardim Aureny II (515 unidades), Jardim Aureny III (2.101 unidades), Jardim Aureny IV (1.012 unidades), distrito Taquaruçu (655 unidades), Jardim Taquari (1.740 unidades - em andamento), além de importantes vias como a avenidas Teotônio Segurado, Palmas Brasil Norte, LO-05 e NS-04 e Tocantins (em Taquaralto). Em 2021 serão atendidas a Arne 64 (508 Norte) com 83 luminárias, Arne 54 (408 Norte) com 67 luminárias, a ASR-SE 25 (212 Sul) com 45 luminárias e a quadra ASR-SE 85 (812 Sul) com 55 luminárias.

    Um grande esforço foi empregado para manutenção de mais frentes de trabalho com recursos próprios do Município, de linhas de financiamento do governo federal ou emendas parlamentares. A exemplo da obra de implantação de rede de drenagem pluvial e pavimentação dos setores Jardim Janaína e Lago Sul, já com mais de 80% da execução concluída. O investimento ali aplicado é de cerca de R$ 4 milhões.

    Para 2021, já está prevista a obra complementar para execução de macrodrenagem para atendimento do Jardim Janaína e Lago Sul. O processo licitatório está em andamento. "O asfalto chegou, finalmente. Está tudo uma maravilha, a comunidade toda está muito agradecida", disse o líder comunitário do Jardim Janaína, Raimundo Manoel de Abreu Filho.

    Avançando

    Outras obras buscam a ampliação da infraestrutura de lazer e incentivo à prática de atividade física, como a revitalização da orla da Praia da Graciosa, construção e revitalização de praças públicas (cerca de R$ 4 milhões em obras) e quadras poliesportivas.

    Para execução em 2021, mais projetos para construção de praças públicas sairão do papel. Palmas verá avançar a construção de equipamento público, ainda inédito no Tocantins, para atendimento de demandas relativas ao acompanhamento e assistência de adolescentes envolvidos em atos infracionais: o futuro Núcleo de Atendimento Integrado (NAI) de Palmas, com investimento de R$ 8,4 milhões. Também foi dado início a operação da sexta célula do Aterro Sanitário Municipal, com recurso de R$ 2 milhões.

    Outras frentes de trabalho, de execução direta pela Seisp, também valorizam bairros, distritos e avenidas comerciais importantes graças a obras de drenagem pluvial, pavimentação e recapeamento, a exemplo dos distritos Buritirana e Taquaruçu, das avenidas LO-23 e LO-31 e Jardim Aureny III e IV. Para a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, ver tantas obras se concretizando de Norte a Sul de Palmas, em meio a uma pandemia, é a melhor tradução do grande empenho do Município em buscar melhores alternativas para oferecer segurança, saúde e dignidade ao cidadão palmense que paga seus impostos em dia porque escolheu uma capital planejada em franco crescimento para prosperar.
    Renovação de pavimento de avenidas, ruas e rotatórias de Palmas beneficiou toda a cidade ©Seisp

    Avenida NS-10 é uma das beneficiadas com rede de drenagem e duplicação com recursos de financiamento internacional ©Regiane Rocha

    Aparelhos de duas academias ao ar livre ampliam infraestrutura de incentivo à atividade saudável ©Seisp

    Cruzamento de ruas internas do Lago Sul já asfaltado ©Seisp



    SECOM

    ***