Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    06/01/2021

    Deputado Célio Moura está em coma induzido e deve passar por cirurgias nos próximos dias

    Parlamentar tocantinense sofreu acidente no último fim de semana e ficou em estado grave. Ele está internado em um hospital de Brasília; irmão do deputado morreu no mesmo acidente.

    Célio Moura foi transferido para Brasília em avião UTI ©Divulgação/Assessoria do deputado federal Célio Moura
    O deputado federal Célio Moura (PT-TO) segue internado na UTI de um hospital em Brasília (DF). A assessoria de imprensa do parlamentar informou nesta quarta-feira (6) que ele segue estável, mas está em coma induzido e deve passar por cirurgias nos próximos dias.

    O parlamentar foi internado na noite deste sábado (2) após sofrer um acidente na BR-153, perto do posto da Polícia Rodoviária Federal de Araguaína, no norte do Tocantins. O irmão dele, Marcilon Moura, morreu no acidente. Célio Moura teve fraturas em duas costelas, perfurações nos dois pulmões e está com o queixo e um braço quebrados.

    Conforme a assessoria, nos próximos dias o parlamentar deve fazer uma cirurgia no ombro e também nas pernas. Ele está em coma induzido para suportar as fortes dores, mas com batimento cardíaco e circulação sanguínea normais.

    Logo após o acidente o deputado foi internado na UTI do Hospital Regional de Araguaína. A transferência para Brasília ocorreu na madrugada de segunda-feira (4) em uma UTI aérea.
    Irmão de deputado federal morreu em acidente na BR-153, perto de Araguaína — Foto: Túlio Alves/TV Anhanguera

    Entenda

    O acidente aconteceu no sábado (2), na BR-153, perto do posto da Polícia Rodoviária Federal de Araguaína.

    O carro ficou completamente destruído na batida. O irmão do deputado dirigia o veículo. Segundo a PRF, ele invadiu a pista contrária e atingiu um caminhão de frente. O motivo da manobra ainda é investigado.

    Após a batida, o deputado foi socorrido e internado na UTI do Hospital Regional de Araguaína. Já o irmão não resistiu.

    Marcilon Moura era caminhoneiro e costumava dirigir nas viagens de trabalho do parlamentar. O corpo dele foi velado em Ceres (GO), na casa da família. Ele deixou a esposa e dois filhos.


    Por G1 Tocantins

    ***