Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    28/01/2021

    Não tome analgésicos antes de levar a vacina da Covid-19, alertam médicos

    Especialistas temem que esses fármacos diminuam a eficácia da vacina contra o novo coronavírus SARS-CoV-2.

    © Shutterstock
    Após tomar a vacina para o novo coronavírus, é comum apresentar sintomas secundários ligeiros, tais como dor na zona da injeção, dores musculares ou de cabeça. Como tal, é normal que os mais prevenidos considerem tomar antes do procedimento medicamentos analgésicos, tais como paracetamol ou ibuprofeno, de modo a prevenir o mau estar.

    Contudo, os médicos estão alertando para que as pessoas não tomem fármacos contra a dor antes de receberem a vacina, isto porque ainda não está claro se aquelas substâncias interferem de alguma forma na eficácia do imunizante.

    Os especialistas argumentam que é possível que atenuem o efeito da vacina ao interferirem com a resposta do sistema imunitário, que tanto treina o corpo para combater o vírus como intensifica os efeitos secundários.

    "Não recomendamos pré-medicação com ibuprofeno ou outros analgésicos antes de tomar as vacinas da Covid-19, devido à falta de dados sobre como impactam nas respostas dos anticorpos induzidas pela vacina", disse à ABC News Simone Wildes, especialista em doenças infecciosas no South Shore Medical Center e membro do Massachusetts' COVID-19 Vaccine Advisory Group, nos Estados Unidos.

    Todavia, caso já tome analgésicos regularmente para outras condições, não pare de tomar os fármacos sem antes falar com um médico.

    NAOM

    ***