Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    04/02/2021

    JBS doa R$ 5 milhões para fábrica de vacinas do Instituto Butantan em São Paulo

    Companhia doou R$ 50 milhões em projetos científicos para prevenção e combate a covid-19 em todo o Brasil; Centro Multipropósito para Produção de Vacinas em São Paulo vai dobrar a capacidade de fabricação do Instituto

    ©DIVULGAÇÃO
    A JBS, por meio do programa de responsabilidade social da JBS, Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade, doou R$ 5 milhões para o Instituto Butantan para a construção do Centro Multipropósito para Produção de Vacinas em São Paulo. A nova fábrica, que ficará pronta em setembro deste ano, terá cerca de 11 mil m² e irá dobrar a capacidade do instituto para fabricação de vacinas.

    O empreendimento permitirá a produção totalmente nacional da CoronaVac, eliminando a necessidade de importação do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), matéria-prima que dá origem ao imunizante. Com a transferência de tecnologia da farmacêutica chinesa Sinovac e a ampliação das instalações, o Butantan terá capacidade estimada para produção de cerca de 100 milhões de doses por ano.

    Programa Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade

    Desde o início da pandemia, a JBS já investiu R$ 50 milhões em pesquisas científicas para a prevenção e combate à covid-19 no Brasil. Os investimentos da JBS já contribuíram com 39 pesquisas e projetos científicos em mais de 13 estados da federação - Ceara, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo.

    Em São Paulo, o Fazer o Bem Faz Bem destinou R$ 15 milhões ao fomento de pesquisas científicas de 13 instituições. Ao todo, no estado, foram doados R$ 61,7 milhões, contabilizando-se os investimentos nas três frentes do programa: Saúde, Social e Ciência, que beneficiaram mais de 53 cidades paulistas.

    Por meio do programa social Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade, a JBS destinou R$ 400 milhões em doações para o enfrentamento da pandemia no País. Desse total, R$ 50 milhões para a área científica, R$ 330 milhões para a saúde pública; e outros R$ 20 milhões para projetos sociais. Foram beneficiados mais de 290 municípios com as ações realizadas pela Companhia em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal.

    Em 2021, o Fazer o Bem Faz Bem iniciará uma nova fase de atuação com foco no voluntariado e envolverá os colaboradores das unidades de produção da JBS em mais de 100 municípios. A empresa irá destinar R$ 20 milhões nesta ação. Saiba mais em jbs.com.br/fazerobemfazbem.

    Sobre a JBS

    A JBS é a segunda maior companhia de alimentos do mundo e a maior de proteína animal. Com uma plataforma global diversificada por geografia e por tipos de produtos (aves, suínos, bovinos e ovinos), a Companhia conta com mais de 245 mil colaboradores, em unidades de produção e escritórios em todos os continentes, em países como Brasil, Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Austrália, China, entre outros – no Brasil são mais de 145 mil colaboradores, sendo a empresa uma das maiores empregadoras privadas do país.

    No mundo todo, a JBS oferece um amplo portfólio de marcas reconhecidas pela excelência e inovação: Swift, Pilgrim’s Pride, Seara, Moy Park, Friboi, Primo, Gold’n Plump, entre muitas outras, que chegam todos os dias às mesas de consumidores em 190 países. A Companhia atua investe também em negócios correlacionados, como couros, biodiesel, colágeno, higiene pessoal e limpeza, envoltórios naturais, soluções em gestão de resíduos sólidos, reciclagem, embalagens metálicas e transportes.

    A JBS conduz suas operações com foco na alta qualidade e na segurança dos alimentos e adota as melhores práticas de sustentabilidade e bem-estar animal em toda sua cadeia de valor. O programa Juntos pela Amazônia integra esse compromisso. Além de fomentar o desenvolvimento sustentável do bioma amazônico, promovendo a conservação e uso sustentável da floresta, prevê a melhoria da qualidade de vida da população que nela reside, bem como o desenvolvimento de novas tecnologias para preservar o meio ambiente. Com a implementação de uma plataforma blockchain, inédita no setor de proteína animal, ampliará o controle dos fornecedores diretos da JBS e também dos fornecedores deles.

    ASSECOM

    ***