Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    09/03/2021

    Oito unidades de saúde de Palmas vão atender apenas casos de Covid-19; veja quais

    Os postinhos vão atuar como unidades sentinela para cuidar de casos de coronavírus e as doenças relacionadas ao sistema respiratório. Outras demandas serão atendidas nas demais USFs da cidade.

    ©ILUSTRAÇÃO
    A Prefeitura de Palmas informou que está realizando mudanças na rede de atenção básica de saúde para melhorar o fluxo de atendimento aos pacientes com a Covid-19. Oito Unidades de Saúde da Família (USFs) passarão a atender apenas casos de síndromes respiratórias, tanto em pacientes com o coronavírus confirmado como aqueles que estão com suspeita da doença por causa de doenças no sistema respiratório.

    Estas unidades passam a ser parte da rede sentinela. A ideia é concentrar os atendimentos de síndromes respiratórias para evitar o contato destes pacientes com pessoas que enfrentam outros problemas. Veja a lista de unidades que fazem parte do projeto:
    • Arno 61(503 Norte)
    • Arne 53 (406 Norte)
    • Arso 41 (403 Sul)
    • ARS-SE 75 (712 Sul)
    • Arse 101 (1004 Sul)
    • Arse 131 (1304 Sul)
    • Eugênio Pinheiro - Jardim Aureny I
    • José Lúcio de Carvalho - Lago Sul
    Os pacientes que eram atendidos nesta unidades para casos que não estão relacionados a doenças respiratórias deverão ser redirecionados a outros postos de saúde próximos. Os atendimentos eletivos, como consultas não urgentes com os especialistas, estão suspensos em toda a capital. Apenas casos de tratamentos contínuos os atendimentos emergenciais seguem sendo realizados normalmente.

    A Secretaria Municipal de Saúde lembrou que havia instituído cinco unidades como sentinelas em 2020, no entanto, elas continuavam realizando atendimentos diversos. A mudança torna as unidades sentinelas exclusivas para Covid-19.

    A USF José Hermes, no setor Lago Sul, saiu da lista de unidades sentinela porque deve receber pacientes transferidos da UPA Sul nos próximos dias, o prédio está passando por obras para ser expandido e deve ter os primeiros leitos inaugurados na terça-feira.

    Por G1 Tocantins


    ***