Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    10/03/2021

    Prefeitura de Palmas segue imunizando idosos e profissionais de saúde contra a Covid-19

    Aplicações do imunizante estão sendo feitas em força-tarefa no Parque da Pessoa Idosa Francisco Xavier de Oliveira até quinta, 11

    ©DIVULGAÇÃO
    Nesta quinta-feira, 11, das 8 às 17 horas, equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Palmas seguem com mais uma força-tarefa para vacinar grupos prioritários contra a Covid-19. Nesta etapa, idosos, com mais de 80 anos e profissionais de saúde, recebem o imunizante, na ação que acontece no Parque Municipal da Pessoa Idosa Francisco Xavier de Oliveira.

    A servidora da Semus responsável pela coordenação da vacinação desta etapa, Nabia Gomes, explica que a primeira dose da vacina na força-tarefa é para quem tem o nome na lista enviada pelos hospitais e unidades de serviços de saúde da Capital.

    O critério adotado pelo Ministério da Saúde é o grau de risco de cada profissional, e às equipes do Município cabe a aplicação da vacina, mediante conferência das listas, comprovação de documentos e a gestão das doses aplicadas. “Todo o nosso trabalho é monitorado pela Vigilância em Saúde e as doses aplicadas são lançadas no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI)”, detalha.

    Segunda dose

    A técnica de enfermagem do Hospital Geral de Palmas (HGP) Samila Rodrigues é uma das profissionais que receberam a segunda dose do imunizante. Ela alerta para a gravidade da atual situação de contaminação e pede que população continue com os cuidados individuais como distanciamento físico, uso de máscara e outros. “Apesar de estar tomando a segunda dose da vacina, sei que precisamos continuar atentos aos cuidados necessários para evitar a contaminação pelo vírus.”

    Quem também compareceu para tomar a segunda dose da vacina foi o idoso Cícero Moura, de 87 anos. Ele tomou a primeira dose logo que foi disponibilizada pelo Município, no mês passado, e diz que “é um certo alívio” estar sendo imunizado. “O que estou vendo a respeito dessa doença aí é uma coisa louca, viu, muita gente morrendo. Temos que ter cuidado”, alertou.

    Primeira dose

    Bernardo Zago, de 98 anos, tomou a primeira dose somente nesta quarta-feira, pois na abertura do primeiro prazo para vacinação ele estava se recuperando da Covid-19. Na avaliação do neto Jairon Domingues, que acompanhou o idoso, a vacinação traz mais tranquilidade para toda a família. Ele relatou que todos ficaram apreensivos por ele ser do grupo de risco, pela idade. “Esse reforço da vacina vai dar mais um alívio pra nós, pois queremos ele mais tempo com a gente”, declara o neto.

    Domingues lembra que a Covid é uma doença que se apresenta de várias formas e no idoso ela sempre vem mais forte. “Agora podemos até pensar em retomar nossos almoços de final de semana, né vô?”, perguntou com um sorriso estampado no rosto.

    Doses aplicadas

    Em Palmas já foram aplicadas, até o momento, 14.856 doses das vacinas contra a Covid-19 em pessoas que pertencem aos grupos prioritários, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde e constante no Plano Municipal de Vacinação. Sendo 8.846 aplicações da primeira dosagem e 6.010 aplicações da segunda.
    ©DIVULGAÇÃO


    ASSECOM

    ***