Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    19/04/2021

    Semus passa a vacinar profissionais de saúde contra a Covid-19 somente no Celp/Ulbra

    Vacinas serão aplicadas em profissionais com ofício protocolado na secretaria

    ©DIVULGAÇÃO
    A Secretaria Municipal da Saúde (Semus) firmou parceria com acadêmicos do Centro Universitário Luterano do Brasil de Palmas (Ceulp/Ulbra), e a partir desta terça-feira, 20, das 8 às 13 horas, os profissionais de Saúde da Capital serão vacinados no ginásio da universidade.

    A vacina para este público será ampliada para todos os profissionais de Saúde, sejam eles nas listas autorizadas pelos órgãos ou ofícios protocolados na Semus. A ação acontecerá toda terça, quinta e sexta-feira, sempre das 8 às 13 horas.

    Para receber o imunizante o profissional deverá constar na lista ou apresentar o ofício protocolado no ato da vacina; portar documentos pessoais (RG ou CNH) e o Cartão de Vacina. Aqueles que irão tomar a segunda dose devem estar munidos do Cartão com o registro da primeira dose.

    De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde da Semus, Marta Malheiros, a ampliação deste público é salutar já que diversos profissionais estão expostos e não foram contemplados inicialmente, já que a prioridade eram aqueles que estavam na linha de frente.

    "A abertura de novos públicos é um processo natural. Estamos com diversos ofícios de entidades classistas para imunizar profissionais que acabam se expondo. Como já avançamos bem a imunização da linha de frente, teremos condições de ampliar este público neste momento", explica Marta.

    Público desta semana

    Com este novo formato a vacinação será segmentada por área de autuação e para ser vacinado, o profissional de saúde deve apresentar documento de identidade (RG ou CNH), CPF, cartão de vacina e cópia do ofício protocolado na Semus constando seu local de atuação. Nesta etapa não serão inseridos assistentes administrativos, auxiliares de serviços gerais e de recepção.

    Terça-feira, 20 de abril: odontólogos, técnicos ou auxiliares de saúde bucal, autônomos ou de clínicas. Serão vacinados ainda profissionais de hospitais e de laboratórios que deverão constar nas listas autorizadas, previamente encaminhada à Semus.

    Quinta-feira, 22 de abril: farmacêuticos, médicos veterinários, educador físico (com exceção de academias e serviços de estética), biólogos listas já autorizadas de outras instituições ou com cópia do oficio protocolado com local de atuação. Já os médicos veterinários devem atuar em atividades com a finalidade de saúde humana, exceto as clínicas de animais que não estão nesta etapa.

    Sexta-feira, 23 de abril: equipe multiprofissional de clínicas e autônomos (psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeuta ocupacional).

    SECOM

    ***