Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    30/05/2021

    GURUPI| Pedro Arnoud e Laecio Porto animaram sábado com muita música

    ©Lino Vargas
    A Prefeitura de Gurupi, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, realizou na noite deste sábado,29, a segunda live cultural da Lei Aldir Blanc, transmitida pelo canal da Prefeitura no YouTube, redes sociais da Secretaria de Cultura e pela Sil TV.

    O show foi aberto com Pedro Arnoud, que passeou por vários estilos musicais, como MPB, música tocantinense, interpretando grandes nomes do Estado como Dorivã. Também apresentou repertório autoral. O show ainda teve a participação especial de Grazi e de Edmundo.

    Em seguida a noite foi animada com o melhor do forró com Laecio Porto, acompanhado por Alan dos Teclados.

    A live foi acompanhada por diversas pessoas que elogiaram os artistas. Aila Araújo, disse que os artistas trouxeram um pouco de alegria para o sábado.

    Quem também acompanhou o show foi a digital influencer, Beth Melo, que citou o pensador François Guizot, destacando que a música oferece à alma uma verdadeira cultura íntima e deve fazer parte da educação do povo.

    Laryssa Samara comentou sobre a iniciativa da Prefeitura afirmando que esses incentivos motivam os artistas.
    Pedro Arnoud ©Lino Vargas
    Os artistas aprovaram a iniciativa da realização da live. Para Pedro Arnoud, a live é uma janela para os artistas gurupienses mostrar a sua arte e espera que eventos como estes continuem acontecendo.

    A prefeita Josi Nunes acompanhou de casa e teceu vários elogios aos artistas e afirmou estar amando as apresentações.

    Segundo a secretária de Cultura e Turismo de Gurupi, Lady Sakay, todos os artistas contemplados terão oportunidade de executar seus projetos com a parceria do município.

    As lives, que foram divididas em seis sábados, estão sendo realizadas por artistas que foram contemplados pelo edital da lei emergencial Aldir Blanc. A Secult de Gurupi finalizou os pagamentos aos artistas em março. Foram investidos um total de R$ 175.020,92, e foram beneficiados pela lei, cerca de 35 artistas e espaços de cultura da cidade.



    ASSECOM

    ***