Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    20/05/2021

    Palmas 32 anos: Agendas positivas na Educação e Habitação marcam aniversário da Capital

    Entrega de residencial e creche; novas oportunidades de empregos e R$ 1 mi para escolas de Palmas estão entre os acontecimentos desta quinta

    ©EDU FORTES
    Entrega de unidades habitacionais e educacional, mais empregos com retomada de obras e R$ 1 milhão para energia solar em escolas municipais. No dia em que Palmas completa 32 anos de existência, não houve festa e nem o tradicional bolo de aniversário. Por causa da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Palmas substituiu as atividades festivas por uma agenda positiva de entregas e anúncios de obras e serviços voltados à população.

    A agenda começou com a entrega de 240 unidades habitacionais no Setor Santo Amaro, totalizando quase 2.700 casas e apartamentos entregues pela prefeita Cinthia Ribeiro de 2018 até agora. Desempenho que chamou a atenção do secretário nacional da Habitação, Alfredo Eduardo dos Santos, presente na solenidade realizada na tarde desta quinta, 20. “Capitais muito mais populosas não entregaram isso. Isso não é sorte, isso é trabalho”, destacou.

    Outras duas agendas desta quinta-feira representam boas notícias para a educação e a economia de Palmas. Ao lado do vice-governador do Tocantins, Vanderlei Barbosa, e da secretária de Estado de Educação e Juventude, Adriana Aguiar, Cinthia Ribeiro acompanhou a assinatura da ordem de serviço para conclusão das obras da Escola de Tempo Integral Palmas II, na Av. LO-04, ao lado do Colégio Militar.

    Parada desde 2013, a obra está com 70% do projeto executados. Para a conclusão da unidade escolar, o Governo do Estado vai investir R$ 7 milhões. “Além da perspectiva de abrir 1.500 novas vagas na educação estadual em Palmas, essa obra significa muito para a economia da cidade em meio a essa pandemia”, disse a prefeita Cinthia Ribeiro, referindo-se aos mais de cem empregos diretos e indiretos que serão gerados com a retomada da construção. “Obra em andamento é dinheiro no bolso do trabalhador, no caixa do mercadinho e dos pequenos empreendedores que produzem e vendem refeições e lanches. É dinheiro circulando na cidade”, comemorou a prefeita.

    “Essa obra que retomamos hoje é completa. Eu quero parabenizar a senhora, prefeita, pelas obras que vem conduzindo em nossa cidade. Quando estreitamos esta parceria pensamos na população de Palmas, na população tocantinense”, declarou o vice-governador.

    R$ 1 mi para escolas municipais

    A parada no setor Bertaville, região Sul de Palmas, para a entrega do Cmei Ana Luísa Rodrigues Pereira Valdevino, proporcionou outro momento de alegria para a comunidade escolar. Presente à solenidade, a deputada federal Professora Dorinha anunciou que vai apoiar, com recursos totais de R$ 1 milhão, projeto de instalação de energia solar em cinco escolas de Palmas. Ela atende a um pleito da secretária da Educação de Palmas, Cleizenir do Santos, que havia solicitado R$ 200 mil para colocar placas solar em uma escola. A deputada decidiu não só atender ao pleito, mas ampliar os recursos para atender a mais quatro escolas.

    “Quando contamos com a união dos executivos e legislativos em todas as esferas de poder, é a população que sai ganhando”, diz Cinthia Ribeiro, que agradeceu à deputada Dorinha por prestigiar a educação de Palmas com emendas parlamentares.

    Para fechar a agenda desta quinta-feira, Cinthia Ribeiro aproveitou a presença da secretária da Educação do Estado, Adriana Aguiar, para fazer um anúncio esperado há mais de dez anos. Na próxima semana, a prefeita de Palmas irá assinar o decreto de doação da área pertencente ao Município, onde está construída a Escola Estadual Maria dos Reis.

    SECOM

    ***