Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    07/07/2021

    Fesp realiza capacitação de trabalhadores da saúde para atender critérios de repasse do Governo Federal

    Primeira etapa contempla cerca de 80 profissionais a partir de quinta-feira, 8, e segue até o próximo dia 23, no IVM

    ©DIVULGAÇÃO
    A Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp) realiza a partir de quinta-feira, 8, às 14 horas, uma capacitação para os profissionais das equipes das Unidades de Saúde da Família (USFs) da Capital. Esta primeira etapa, que atende cerca de 80 profissionais de sete unidades, segue até o dia 23 de julho, no auditório do Instituto 20 de Maio de Ensino, Ciência e Tecnologia (IVM). A qualificação conta com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), por meio da Superintendência de Atenção Primária e Vigilância em Saúde (Supavs).

    O objetivo da qualificação é melhorar o acesso e a qualidade das ações das unidades de saúde, além de ser uma das formas previstas pelo programa para alcançar os indicadores relacionados ao ‘Previne Brasil’ do Ministério da Saúde, que visa o repasse mensal aos municípios de pagamento por desempenho.

    Para alcançar os indicadores para pagamento em 2021 e 2022, é preciso atender critérios estabelecidos como proporção de gestantes com pelo menos seis consultas de pré-natal realizadas, sendo a primeira até a 20ª semana de gestação; proporção de gestantes com realização de exames para sífilis e HIV; proporção de gestantes com atendimento odontológico realizado; cobertura de exame citopatológico; cobertura vacinal de poliomielite inativada e de pentavalente; percentual de pessoas hipertensas com pressão arterial aferida em cada semestre; e percentual de diabéticos com solicitação de hemoglobina glicada.

    Tais indicadores integram as ações estratégicas desenvolvidas nas USFs, como as que são realizadas no âmbito da atenção primária à saúde; cuidado puerperal, puericultura (crianças até 12 meses); ações relacionadas ao HIV, às hepatites, à saúde mental e ao câncer de mama; cuidado de pessoas com tuberculose; ações odontológicas; e Indicadores Globais.

    De acordo com a coordenadora da Divisão de Educação Permanente em Saúde da Fesp, Quézia Catharine Cavalcante de Melo, o objetivo é atender todas as Unidades de Saúde da Família de Palmas. “Vamos iniciar pelas unidades que apresentam um cenário mais preocupante, mas até o final do ano todas as equipes das unidades passarão por esta capacitação para que possamos melhorar nossos índices junto ao Ministério e seguir com nosso atendimento de excelência”, pontuou.

    Confira a relação dos Territórios e USFs com as respectivas datas por equipe de Saúde




    SECOM

    ****