Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    08/07/2021

    Manutenção de paisagismo garante beleza da Capital mesmo na estiagem

    Trabalho rotineiro realizado pela Seisp nos jardins contempla praças, rotatórias e canteiros de Palmas

    ©DIVULGAÇÃO
    A chegada da estiagem em Palmas também agrega cor às ruas e praças da cidade graças ao trabalho de paisagismo da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), que é rotineiro e rotativo de modo a contemplar praças, rotatórias e canteiros de norte a sul da Capital. Isso garante melhor ambiência e oferece espaços de qualidade não ocupados pelo concreto.

    O curioso é que, mesmo no rigoroso período de estiagem que Palmas passa atualmente, com baixa umidade do ar e altas temperaturas, alguns jardins permanecem mais tempo floridos. São jardins estratégicos que possuem irrigação própria. "É justamente no período de estiagem que as flores respondem bem. Recebem muito sol e a água da irrigação nos propicia flores de mais qualidade", explica o diretor de Parques e Jardins da Seisp, Miguel Fonseca.

    Os jardins em canteiros sem estrutura de irrigação há fornecimento de água com caminhão-pipa. Naqueles jardins em que realizamos reforma de canteiro de grama, a irrigação acontece somente no período de enraizamento da grama. “A partir do momento em que enraíza, ela se adapta ao nosso clima", acrescentou. Em algumas manutenções programadas, a irrigação acontece com acréscimo de adubo líquido para fortalecimento das plantas.

    Espécies

    Entre as espécies floríferas mais usadas no paisagismo de Palmas estão a ixora, a vinca, as onze-horas, espécies adaptadas a pleno sol. Todas são cultivadas no Viveiro de Flores da Seisp, que utiliza no processo de cultivo compostagem fornecida pelo Ecoponto de Galhadas. Conheça mais sobre o Viveiro de Flores clicando aqui.

    Nesta quinta-feira, 08, a Seisp está executando manutenção de paisagismo na Avenida NS-02, entre as quadras Arne 40 (302 Norte) e Arne 41 (304 Norte), e o plantio de flores de canteiro central na Avenida JK, entre a ACNO 01 (103 Norte) e ACSO (103 Sul). Para conhecer o trabalho de sustentabilidade por trás do paisagismo de Palmas, assista ao vídeo.




    Por: Juliana Matos

    ***