Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    02/08/2021

    Operação Integrada encerra festa clandestina na Capital e conduz quatro pessoas à delegacia no final de semana

    Ações da operação conjunta das forças de segurança foram intensas, com rondas e patrulhamento por todas as regiões da Capital para coibir desrespeito às medidas de restrição

    ©DIVULGAÇÃO
    Dentre os destaques da operação conjunta das forças de segurança, realizada entre a noite da última sexta-feira, 30, e domingo, 1º de agosto, estão o encerramento de uma festa clandestina com cerca de 200 pessoas e a condução de quatros cidadãos à 1ª Delegacia de Polícia. Os agentes realizaram ainda rondas nas praias e flagraram diversas irregularidades e desrespeito aos protocolos sanitários em estabelecimentos comerciais, com perturbação do sossego, em diferentes pontos da Capital. O trabalho conjunto resultou em inúmeras abordagens, sete autos de infração e duas notificações registradas nos estabelecimentos vistoriados.

    De acordo com os agentes, o último final de semana de julho foi bastante movimentado. As equipes receberam diversas denúncias de aglomeração via o Sistema Integrado de Operações (Siop). Simplesmente 15 dessas denúncias apontavam a festa clandestina que era realizada em uma propriedade residencial, localizada na quadra Arne 13 (108 Norte), em que os fiscais flagraram cerca de 200 pessoas, sem seguir nenhuma das medidas de prevenção ao vírus. Em seguida, a festa foi encerrada e o público disperso. Os dois responsáveis pelo evento foram conduzidos à delegacia para prestar os procedimentos necessários. O flagrante foi executado entre a noite de sábado e a madrugada de domingo.

    Ao final do monitoramento e patrulhamento, que contemplou todas as regiões da Capital, os fiscais reforçaram as orientações educativas e vistoriaram vários estabelecimentos comerciais dos segmentos de bares, restaurantes, distribuidores de bebidas e conveniências, com abordagens e dispersão a grupos populares, especialmente, nas imediações da Praia da Graciosa. Ao todo, foram aplicados pelos fiscais de Obras e Posturas sete autos de infração, duas notificações e mais duas conduções à delegacia, por desacato aos profissionais de segurança pública, durante abordagem a uma distribuidora de bebidas na Arso 61. Os agentes de Trânsito e Transporte Municipal foram responsáveis pelo registro de 23 autos de infração, uma remoção de veículo, e cinco recolhimentos de Carteiras de Habilitação (CNHs) por alcoolemia.

    Ação conjunta

    A operação é uma ação conjunta da Diretoria de Fiscalização Urbana da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais (Sedusr) e a Vigilância Sanitária Municipal (Visa), com o apoio operacional dos agentes de Trânsito e Transporte, Guarda Metropolitana de Palmas (GMP), Polícia Militar (PM), Polícia Civil, Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote), Corpo de Bombeiros Militar, equipe da Cidadania e Justiça, do Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran-TO) e o Procon-TO.




    SECOM

    ***